Sandes de Choco
Um espaço dedicado ao choco em geral e à sandes de choco frito em particular. E aos seus derivados e sucedâneos. E à mini. E não só.

sexta-feira, julho 15, 2005

A produtividade e o Euromilhões

Hoje é sexta-feira. A minha produtividade está, mais coisa menos coisa, proxima do zero absoluto.

A sexta-feira é o dia em que eu "vou ganhar o Euromilhões". Estou plenamente convicto de que vou ganhar. Só não sei é quando. Aliás, o meu emprego é só uma coisa para eu me ir aguentando até o ganhar.

Não sei se acontece o mesmo consigo, caro leitor, mas a minha produtividade flutua, não condicionada pelo fim de semana, como seria de esperar, mas sim ao sabor do dias dos sorteios dos jogos da Santa Casa.
À medida que me vou aproximando do fim de semana a produtividade vai caindo. O espírito é "se eu ganhar o Euromilhões nunca mais ponho cá os pés, por isso mais vale deixar para depois."

Até agora nunca ganhei um tostão naquilo (mas não perco a esperança!). Sexta de madrugada, quando chego a casa, a primeira coisa que faço é ver o resultado do sorteio.
Normalmente a desilusão da "derrota" é compensada pela esperança de que há novo jackpot. E há SEMPRE novo jackpot. "Ganho p'rá semana. Até foi melhor assim. Sempre se amealha mais qualquer coisinha".

Sábado ainda é passado com uma restia de esperança. Ainda temos o totoloto e o joker. Não é tanto dinheiro como isso mas enfim, paciência...

Segunda-feira é um dia estranho. Não por ser a ressaca do fim de semana, mas sim porque estamos divididos entre o "vamos lá começar a trabalhar" e o "o melhor é não me precipitar. ainda falta o loto2".

Assim sendo, a terça é o topo da produtivdade. Não será grande coisa, mas é o auge. É o dia do "vai mesmo ter que ser". O resto dos dias é um longo e vertiginoso declive ribanceira abaixo até sexta feira.

O dia de sexta-feira é passado a imaginar o que se vai fazer com aquele dinheiro. Obviamente a primeira medida a tomar é nunca mais voltar a pôr os pés no local de trabalho.
Há a variante de ir só mais um dia ao trabalho, só para mandar os chefes para lugares que, por decoro e boas maneiras, não me atrevo transcrever nesta publicação. Um dos defensores desta variante é o meu próprio chefe, que o afirma, imagine-se, sem pudor nem vergonha.

Outra coisa que é importante planear, é a forma de desaparecer rapidamente, evitando todos os amigos que nos irão pedir dinheiro emprestado. Convenhamos que não é fácil argumentar com "Acabei de ganhar 80 e tal milhões de euros, mas não te empresto estes mil euros... é que o dinheiro faz-me falta" ou pior ainda: "custou-me a ganhar".

E será que temos que ir à mesma loja onde jogámos para levantar o prémio? E dão-nos um saco de notas!? E será que ia logo lá de manhã cedo para evitar as TVs? Eu vejo as notícias sábado e os portuguesitos que ganham vão lá sempre de manhã muito cedo. Imagino-os sempre a correr com os sacos de notas, com cifrões, quais irmãos Metralha a fugir do último assalto. Ir aonde quer que seja a um sábado de manhã é capaz de ser complicado. Diria mesmo que é uma impossibilidade física. É que o sábado de manhã para mim não existe. Para mim o sábado começa à tarde.

Estas são as questões me ocupam sexta-feira o dia inteiro. Vão ter que concordar comigo. São questões importantes!

Já tenho ouvido dizer duas pérolas de sabedoria que contestam este meu sonho:

Pérola de sabedoria número 1:

"Estes jogos são mais um fenómeno de alienação social. As pessoas preferem viver estes sonhos do que enfrentar as suas vidinhas deprimentes e tentar ser felizes com aquilo que têm."

Pérola de sabedoria número 2:

"Para ter valor, o dinheiro tem que ser ganho com o trabalho. O dinheiro fácil é uma ilusão. É vazio e futil e não nos traz felicidade."

As minhas respostas:

#1: Pois é, e então? Isto só pode sair da boca de alguém que nunca teve um emprego a sério.

#2: Isto nem merece resposta.

E acho que vou andando. Depois de uma tarde sem fazer nada, o melhor mesmo é sair cedo (belo emprego em que 19:00 é sair cedo).

Afinal de contas... hoje é o dia em que vou ganhar o Euromilhões.

2 leitores trincaram a sandes:

  • Não foi o seu dia de sorte, mas Sexta-feira é outro dia..esperemos que (eu)ganhe. Se ganhar, vou imediatamente comprar um porche 911 turbo(preto) e uma ilha. Entretanto vou dando a volta ao mundo e qd voltar empresto dinheiro a toda a família, a três bébés e a alguns amigos. Até lá: Viva as férias.
    (mas tb é verdade, não consigo deixar de sonhar com o que fazia com tanto dinheiro).

    Por Anonymous Oshima, às 18/7/05 18:05  

  • Empresto não: dou*

    Por Anonymous Anónimo, às 18/7/05 18:06  

Enviar um comentário

<< Voltar à Sandes

  eXTReMe Tracker